destaques »

23/02/2014 – 20:44 | 12 visualizações

Almoço de domingo aqui em casa agora é sempre por conta do marido (Neto). Cada domingo é uma nova degustação. O mais incrível é que o moço está gostando do esquema e a cada domingo …

Leia a história completa »
Bolos
Carnes
Doces
Massas
salgados
Home » Temperos

Temperos e especiarias – páprica

Enviado por on 22/01/2010 – 22:53 | 1.955 visualizações

Páprica é o tempero que colocou a Hungria no mapa da gastronomia mundial. Ela é produzida na Hungria e também na Espanha. Os húngaros não admitem mas a páprica espanhola é muito boa.

A páprica é derivada de uma qualidade de pimentão vermelho.
Existem 2 tipos de páprica: a doce e a picante.
A doce é a mais nobre, muito saborosa e tem muito aroma. Ela é doce.
A picante como o próprio nome diz é picante.

Segundo Wessel, ele gosta de usar as duas misturadas.
Na Hungria nos bares, restaurantes, em qualquer boteco em cima da mesa sempre tem um potinho com páprica, geralmente doce.

Com relação à conservação da páprica, o ideal é colocar a páprica em um potinho, tampar muito bem para não perder o aroma, o sabor, e colocar em geladeira. Isso pode conservá-la por uns seis meses.

É uma das três especiarias mais populares do mundo. Provavelmente inventada pelos turcos, foi levada e difundida na América pelos espanhóis, que ensinaram a técnica de produção e o gosto pela especiaria.

A palavra “páprica” deriva do húngaro “paparka”, que é uma variação do búlgaro “piperka”, que, por sua vez, é derivado do latim “piper”, que significa pimenta.

Em alguns países do mundo também quer significar pimentão, especialmente o vermelho. Muito nutritiva, a páprica existe no mercado brasileiro dividida em dois sabores: a doce, mais delicada, e a picante. De todas que existem no mundo, as melhores são a rosa (doce), da região húngara de Szeged, e as espanholas de Jarandilla e do vale do Rio Vera.

Uma das dicas para tirar melhor proveito de sabor ao utilizar, é diluir a páprica em água ou caldo antes de adicioná-la às receitas, pois quando diretamente aquecida seu açúcar se carameliza e o prato perde em cor e em sabor.

A páprica é usada para colorir pratos e no preparo de legumes ao vapor, arroz, carnes, peixes, saladas e pastas de aperitivo.

Na Hungria, é a estrela do Goulash, uma espécie de sopa de carnes e legumes e prato nacional do País. Trata-se de um prato saboroso e muito consistente, que pode fazer sucesso em qualquer mesa.

Tags: , ,